6 duelos recentes no Pacaembu para recordar!

Written by on 13 de outubro de 2017

Diante do Atlético-PR no próximo sábado (14), o Tricolor iniciará uma série de jogos no Pacaembu por conta de shows que serão realizados no Morumbi nos meses de outubro e novembro. Além de recordar capítulos marcantes do clube no Estádio Paulo Machado de Carvalho com um especial de matérias históricas, o site oficial do clube traz abaixo épicas partidas recentes que também acompanham a trajetória da equipe no estádio.

1-Tarde de Lucas e Fernandão

No dia 19 de setembro de 2010, o então garoto Lucas e o experiente Fernandão comandaram a vitória tricolor no clássico contra Palmeiras por 2 a 0, no Pacaembu. Para vencer o Choque-Rei, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo abriu o placar com o jovem-meia-atacante. Depois, Fernandão aproveitou assistência de Lucas e fechou o placar.

O Tricolor foi o último time pelo qual Fernandão jogou. Líder e agregador, era querido por todos e ainda mantinha excelente relacionamento com o clube. Com a camisa são-paulina, Fernandão atuou em 39 jogos, marcando oito gols.

2-Goleada no Pacaembu

Na estreia do técnico Paulo Autuori, que naquele momento iniciava a sua trajetória no Tricolor para comandar o time nas memoráveis conquistas da Libertadores da América e do Mundial, o São Paulo goleou o Corinthians por 5 a 1 pelo Campeonato Brasileiro, no Pacaembu, no dia 8 de maio de 2005. Com uma atuação impecável, o time são-paulino não deu espaço para o rival e balançou as redes com Rogério Ceni, Luizão (2), Danilo e Cicinho.

3-Parado na esquina e Bolt

Terceiro maior artilheiro na história do Tricolor, com 212 gols, o atacante Luis Fabiano viveu uma tarde inesquecível no Pacaembu. Em 2012, o camisa 9 deixou a sua marca diante de todos os arquirrivais do São Paulo. Mas a grande atuação estava reservada para o Corinthians, que sofreu nas mãos do artilheiro. Ou melhor, nos pés. No dia 26 de agosto de 2012, o Fabuloso calou o Estádio Paulo Machado de Carvalho, fez dois gols, encerrou o tabu corintiano no estádio e decretou a vitória do Tricolor por 2 a 1.

As comemorações no clássico foram curiosas. No primeiro gol, o atacante correu até a bandeira de escanteio e fez pose para a torcida tricolor. Já no segundo, ele homenageou o jamaicano Usain Bolt, grande personagem da história do atletismo.

4-Show contra o atual campeão

A campanha vitoriosa do Tricolor na Sul-Americana de 2012 contou com uma partida de gala no Estádio Paulo Machado de Carvalho. Com o show da cantora norte-americana Lady Gaga, no Morumbi, o São Paulo encarou a Universidad de Chile no Pacaembu. O time são-paulino não se intimidou diante do então atual campeão do torneio, goleou por 5 a 0 e avançou para a semifinal.

Ainda no primeiro tempo, com pouco mais de 30 minutos, a torcida já gritava “Olé, olé, olé”. Em campo, Lucas e companhia mostravam todo o seu repertório. Na etapa inicial, o camisa 7 fez um belo gol, assim como Luis Fabiano e Jadson, que fizeram o show do Tricolor no Pacaembu. Rafael Toloi e Jadson, mais uma vez, completaram no segundo tempo a noite de golaços e classificação em busca do inédito título na ocasião.

5-Maicon e Douglas roubam a cena

Com a decisão da Copa Sul-Americana de 2012 pela frente, o Tricolor encarou o Corinthians na rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro com uma formação alternativa. No entanto, mesmo sem seus principais jogadores, o São Paulo bateu o rival – que se preparava para a disputa do Mundial de Clubes – em grande estilo. O meio-campista Maicon, autor de dois gols, e o lateral-direito Douglas roubaram a cena e comandaram a vitória são-paulina por 3 a 1, no Pacaembu. Épica!

6-Pra lavar a alma

A temporada 2016 não foi como o clube esperava, mas terminou com uma goleada para lavar a alma no chuvoso dia 11 de dezembro. No Pacaembu, com capítulos emocionantes, o Tricolor goleou o Santa Cruz por 5 a 0 e se despediu do Campeonato Brasileiro em grande estilo. Chavez (2), David Neres, Gilberto e Luiz Araújo anotaram os gols do São Paulo, que atuou durante todo o segundo tempo com apenas dez jogadores em campo após a expulsão de Cueva nos acréscimos da primeira etapa.

A partida teve várias referências à Chapecoense, que perdeu 19 jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes num acidente aéreo quando estava a caminho de Medellín, para a disputa da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional-COL na semana que antecedeu a partida com os pernambucanos.

A goleada na rodada de encerramento da competição nacional da temporada passada foi a última partida do Tricolor no Pacaembu.

Fonte: www.saopaulofc.net

Comments

comments


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Escute a Rádio

ao vivo

Current track
TITLE
ARTIST

Background