Hernanes, o maior vencedor do Prêmio Brasileirão!

Escrito Por em 6 de dezembro de 2017

Maior vencedor do Prêmio Brasileirão 2017, realizado na noite da última segunda-feira (4) após o término da competição nacional, Hernanes superou Rogério Ceni e se tornou o jogador mais premiado na história do evento. Agora, com as três conquistas deste ano, o Profeta detém sete troféus do Prêmio Brasileirão – criado em 2005.

Na edição deste ano, o camisa 15 integrou a seleção do torneio como ‘Melhor Meia’, em equipe formada a partir das escolhas de jornalistas esportivos de todo o país, técnicos e capitães das equipes participantes da Série A do Brasileirão que votaram por meio de eleição online.

Um dos ídolos da torcida são-paulina, o Profeta foi eleito também pelos torcedores o “Craque da Galera”, em voto popular promovido pelo site Globo Esporte. Com 43,27 %, o meia contou com a preferência popular e venceu a concorrência com Juan, do Flamengo, e Jô, do Corinthians.

Hernanes ainda foi dono do gol mais bonito da competição, em votação dos seguidores do perfil oficial da CBF no Facebook. A pintura do Profeta foi anotada diante da Ponte Preta (2 x 2), no Morumbi, em gol de falta que venceu a enquete com 42% dos votos.

Na passagem anterior pelo clube, assim como na atual, o meio-campista também se destacou: foi o ‘Craque do Brasileirão de 2008’, e esteve na seleção da competição em 2007, 2008 e 2009. Sempre que jogou pelo menos metade do torneio – exigência para disputar as premiações -, o Profeta venceu: 2007, 2008, 2009 e 2017.

Apenas nas temporadas 2005, quando disputou apenas 16 das 42 partidas da competição, e 2010, 11 das 38 rodadas, o jogador são-paulino não recebeu as taças. Com as conquistas de Hernanes, o São Paulo chegou a 30 premiações na cerimônia da CBF e lidera o ranking ao lado do Corinthians.

O meio-campista reestreou pelo Tricolor em julho deste ano, na memorável virada por 4 a 3 sobre o Botafogo, no Rio de Janeiro, e marcou dois gols na épica vitória. Na ocasião, o São Paulo lutava para se reerguer na temporada, e contou com um Profeta inspirado para comandar a equipe na luta contra as últimas colocações.

O Profeta foi uma das grandes figuras na reabilitação da equipe são-paulina no Campeonato Brasileiro e mostrou um vasto repertório para balançar as redes e fortalecer o Tricolor no torneio nacional. Dos nove gols de Hernanes, três foram de pênalti (de perna direita), dois de falta (idem), dois de dentro da área (um de esquerda e um de direita), um de cabeça e um de peito.

 



Fonte: www.saopaulofc.net

Marcado como

Comentários

Dê a sua opnião

Seu e-mail não será publicado.Campos marcados com asterísco são obrigatórios.


Escute a Rádio

ao vivo

Current track
TITLE
ARTIST

Background