“O poder de reação da equipe tem que ser reconhecido”

Escrito Por em 10 de novembro de 2017

Assim como o elenco, o técnico Dorival Júnior valorizou a postura valente da equipe no empate com a Chapecoense por 2 a 2 na noite desta quinta-feira (9), no Pacaembu, em duelo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. Os catarinenses abriram 2 a 0 no placar, mas o Tricolor foi buscar o empate por 2 a 2 para evitar o revés diante de sua torcida, que mais uma vez compareceu em grande número.

“O poder de reação da equipe tem que ser reconhecido. Não deixamos de tentar criar. Mesmo em uma noite que não fluiu, a equipe foi valente, quis o resultado, não se omitiu e mereceu o empate. É importante o ponto somado, mas queremos mais e nos consolidar. Talvez com um pouco mais de tempo poderíamos consolidar uma nova virada”, avaliou o comandante que completou.

“Esperávamos esse jogo pesado. A Chapecoense foi feliz, cirúrgica. Fez uma partida com marcação muito forte. O São Paulo criou boas oportunidades e mostrou um poder de reação que ao longo do campeonato vem se consolidando. Queríamos a vitória e buscamos o gol a todo o momento. Mostramos mais coisas positivas do que negativas. Tivemos no segundo tempo uma paciência e o ímpeto de querer buscar”, opinou.

Gilberto e Arboleda, no segundo tempo, marcaram os gols são-paulinos no Estádio Paulo Machado de Carvalho e mantiveram a reação da equipe acesa neste momento decisivo da competição nacional. O resultado não foi o desejado, mas a postura valente do Tricolor mostrou que o Tricolor está firme para seguir na briga para subir na tabela e se distanciar das últimas colocações.

“Não deixou de assustar, mas estamos próximos do primeiro objetivo. Quando consolidar, dentro das nossas possibilidades, podemos lutar por uma nova condição. Dos últimos 12 pontos, fizemos 10, aproveitamento excelente, próximos do líder do segundo turno. Uma campanha completamente diferente do turno. O São Paulo esteve próximo da zona de rebaixamento por muito tempo, mas conseguiu certa estabilidade e, quem sabe, podemos pensar mais”, completou o treinador.

Com o empate, o São Paulo caiu para o 11º lugar, agora com 44 pontos. No próximo final de semana, com a missão de tentar ampliar a série invicta no torneio – agora são quatro jogos sem derrotas, com três vitórias e um empate -, o Tricolor visitará o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro.

“Não faço contas. Torço e trabalho por um futebol de consistência. O São Paulo tem capacidade para isso e jogaremos em busca de pontos. Queríamos uma vitória, jogamos para isso, buscamos o gol a todo momento, mas a Chapecoense tem seus méritos, com jogadores de nível, vencendo fora de casa, mas o São Paulo teve pontos positivos, mesmo com a impaciência da primeira etapa, teve ímpeto. Valorizo o que jogadores fizeram. Foi na base da luta”, finalizou.

 



Fonte: www.saopaulofc.net

Marcado como

Comentários

Dê a sua opnião

Seu e-mail não será publicado.Campos marcados com asterísco são obrigatórios.


Escute a Rádio

ao vivo

Current track
TITLE
ARTIST

Background