Petros e Jucilei: donos do meio de campo tricolor

Escrito Por em 14 de novembro de 2017

Um está entre os maiores desarmadores do Campeonato Brasileiro deste ano. O outro tem uma das melhores médias de passes certos na competição nacional. Juntos, tomam conta do meio de campo tricolor ao lado de Hernanes. Estes são Jucilei e Petros, que crescem de produção jogo a jogo e fortalecem a equipe neste momento decisivo da temporada.

Durante a coletiva de imprensa desta terça-feira (14), no CT da Barra Funda, Petros destacou a parceria com o companheiro.  “O Jucilei é um grande amigo, uma pessoa espetacular e um cara bem centrado. E que bom que tudo se encaixou, porque realmente era uma questão de tempo. Fazemos tudo em prol do clube, trabalhamos muito para dar essa consistência que o time adquiriu”, avaliou o volante, que completou.

“A gente sempre conversa para ter o entrosamento ideal: “No dia que eu estiver melhor, saio para jogar, quando for você, pode ir”. Dá para perceber quando está bem”, revelou o camisa 6, que tem a segunda maior média de passes certos no Brasileiro de 2017 até aqui, com 57,5 passes por partida, atrás apenas de Artur (do Grêmio), com 64,6 passes por jogo e que recentemente foi convocado para a Seleção Brasileira.

“Que bom que nós dois podemos fazer essas funções de marcar e sair para o jogo. Felizmente tem dado certo, e o torcedor se identifica bastante com o Jucilei. O nome dele é um dos mais gritados pela torcida, por merecimento. Espero que ele permaneça, pois tem muito a dar ao São Paulo”, acrescentou Petros, que é um dos líderes do elenco.

“Tenho personalidade muito forte, sim. Mas como amigo, pessoa, alguém ali dentro, me arrisco a dizer que pode perguntar a qualquer jogador: ninguém apoia todo mundo mais do que eu. Isso é um feedback interessante. Às vezes me veem dentro e fora de campo e parece que são pessoas diferentes” analisou o meio-campista, que emendou.

“Não é tão simples: não se joga futebol por jogar. Você representa muita coisa: quase 20 milhões de pessoas, uma instituição muito grande. Abro mão da minha família para estar aqui, pais de família seguem o São Paulo. Pode perguntar a qualquer funcionário de clubes que passei. Sou assim e não tenho necessidade de mostrar nada. Deixo o protagonismo aos outros”, finalizou.



Fonte: www.saopaulofc.net

Marcado como

Comentários

Dê a sua opnião

Seu e-mail não será publicado.Campos marcados com asterísco são obrigatórios.


Escute a Rádio

ao vivo

Current track
TITLE
ARTIST

Background