Uma analogia real entre torcedor e time

Written by on 25 de maio de 2017

Tava agora cedo preparando meu café aqui na praia, ouvindo o primeiro CD  da minha amada Cássia Eller e lembrei que desde os meus tempos de menino, lá pelos 12 anos de idade, já me consideravam um sujeito precoce.

Com 12 anos me torneio são-paulino, todos sabem porque contei isso aqui. Aquilo pra mim foi um investimento de sentimento. O Ano era 1984, o São Paulo não ganhou nada e mesmo assim meu sentimento de paixão me dizia, “seja são-paulino que você será feliz”.

No decorrer desses anos, tive outras tantas paixões…

E me lembro de todas elas, porque para cada uma, eu tive que me preparar, tive que criar estratégias, tive que ser eu mesmo, tique que dia a dia mostrar que eu as merecia, enfim, tive que conquistar…

Pra mim, tudo valia a pena pelo objetivo que tinha que era, beijar aquela mulher.

Mas para se chegar ao beijo, caraca, quanta coisa tive que fazer…

E quantas emoções e adrenalinas tive que sentir pra chegar lá…

Noutras coisas também! Conseguir um emprego, comprar uma bike,compra um disco, ir pra um lugar desejado, etc. Tudo exigiu de mim DEDICAÇÃO para conquistar.

E cada coisa conquistada tem um valor inestimável e que só eu sei o quanto é importante pra mim.

E hoje? Como um jovem lida com a questão “conquista”?

Os torcedores de outras épocas iam aos jogos pra ajudar o time a construir uma conquista jogo por jogo, pra depois enfim sagrar-se CAMPEÃO.

Vendo o comportamento da nossa torcida nesses tempos (nossa, parece uma década que não ganhamos nada) “bicudos” do nosso time, dá pra se perceber que as gerações involuiram.

Elas exigem demais o imediatismo…

Tanto é que não predomina mais o relacionamento “namorar” e sim o “ficar”…

E o que o “ficar” representa?

Representa o imediatismo!

Porque deve mesmo sofrer uma mulher na mão desses…

Enquanto elas querem carinho, atenção e respeito, eles querem “ficar” e depois fazer “a fila andar”.

Exigem inclusive aquilo que eles nem tem, AGILIDADE E RETORNO RÁPIDO, rs

Quando não estão “abastecidos” de coragem movida a álcool ou a “energéticos”

Eu só lamento pra meninas esse momento da vossa geração.

Lamento ainda mais pelo clube, que pode não ser o campeão do ano, mas é sem dúvida o mais prejudicado com esse tipo de postura.

Enfim “torcedor ficante”, você precisa evoluir ou arrumar outra balada pra arrumar outras “ficantes”. O São Paulo precisa e exige amor! Conquiste-o!

E que saudades dos nossos tempos de coração acelerado, mão gelada e boca seca…não só nas escadas e corredores de casas e prédios, mas também nas arquibancadas do meu Morumbi amado!

Ah sim, porque tudo isso veio a mente? Como disse, ouvindo a Cássia Eller em especial a música de Renato Russo que diz “Mudaram as estações, nada mudou, mas eu sei que alguma coisa aconteceu, está tudo assim tão diferente..”

Entenda torcedor, o São Paulo será sempre o São Paulo.

Mas você sem o São Paulo será quem?

O São Paulo será ainda mais vencedor com o seu apoio.

Você será ainda mais feliz se o São Paulo for vencedor!

Por tanto fé, dedicação e paixão ao SPFC em 2011.

Porque quando você crê, coisas incríveis podem acontecer!
E não dá pra torcer pro time da fé sem fé…

Feliz 2011 pra nós todos e ainda mais para a nação são-paulina que tiver fé no ano que se inicia!

Finalizo com uma poesia feita ainda agorinha:
*** Amor e Fé ao time da fé! ***

O Amor possui muitas formas.

E a Fé é a maior de todas elas.

É o que nos faz levantar todos os dias,

para vivermos um novo dia,

sem saber o que nos espera.

É a vontade de prosseguirmos dia-a-dia.

É o que nos dá forças e nos faz fortes,

determinados a enfrentar as dificuldades

e superarmos as derrotas.

O Amor é otimismo e entusiasmo latente.

Assim, ser são-paulino é ter alegria de viver.

Esse Amor justifica nossa confiança sempre,

nos faz irmãos unidos e firmes na convicção da vitória.

E mesmo se ela não vier, permanecerá o amor de sempre.

Porque a fé ao clube da fé é a base solida desse amor!

Vamos São Paulo!

Vamos ser campeões em 2011!

Comments

comments


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Escute a Rádio

ao vivo

Current track
TITLE
ARTIST

Background