Notícias

Insatisfeito com atuações, Volpi se isenta de culpa por derrota

0

Tiago Volpi foi um dos principais personagens do Majestoso do último domingo, em Itaquera. O arqueiro não admite falha e diz ter sofrido falta do atacante Vagner Love no lance que originou o segundo gol do Corinthians na derrota por 2 a 1, em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

“Na minha carreira, sempre assumi meus erros, mas também não vou assumir algo quando não concordo com o que aconteceu. No segundo gol, o Vagner Love faz uma carga em mim, ele divide a bola quando eu já estava no ar e tira meu braço da jogada. Eu sou homem e profissional para assumir quando estou errado, mas neste ponto não assumo porque foi falta”, declarou.

Volpi se diz insatisfeito com suas atuações neste início de trajetória pelo São Paulo, mas se defende e garante não ter falhado no gol de Gustavo. “É lógico que não estou contente. Queria que as atuações estivessem melhores, mas temos de saber encarar todos os momentos. Eu não fujo das minhas responsabilidades”, frisou.

Seja como for, a derrota para o arquirrival só aumentou a crise no Morumbi. O clube, eliminado precocemente na Copa Libertadores, contabiliza sete derrotas, um empate e apenas três vitórias em 11 partidas disputadas na temporada.

“O cenário que a gente imaginava era outro, completamente diferente. Era a gente pode estar num momento melhor, ter ganhado os clássicos, ter avançando na Libertadores e não aconteceu. As coisas não saíram, mas nós estamos nos esforçando, não temos deixado de trabalhar nenhum dia”, garantiu.

O segundo revés em clássicos no ano – o primeiro foi a derrota por 2 a 0 para o Santos, no Pacaembu – voltou a irritar a impaciente torcida tricolor. Após o Majestoso, cerca de 100 membros de organizadas se dirigiram ao CT da Barra Funda a fim de protestar contra jogadores e diretoria. 

“Fizemos um bom jogo, em detalhes o Corinthians acabou vencendo o jogo. A torcida tem o direito dela, está acostumada a uma equipe ganhadora. A gente vai tentar se recuperar, tem um ano longo pela frente e fazer o nosso melhor trabalhando, entendendo a cobrança”, concluiu.

Com o revés, o São Paulo caiu para o segundo lugar do Grupo D do Estadual, com nove pontos, um a menos que o Ituano. O próximo compromisso será diante do Red Bull Brasil, no domingo, no Morumbi.

Fonte: Gazeta Esportiva

Marco Aurélio Cunha critica arbitragem e não descarta presidência do São Paulo

Último artigo

Após 15 anos com Cuca, auxiliar Eudes não trabalhará no São Paulo

Próximo Artigo

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais Notícias