Notícias

Jardine vê atuação aceitável e pede paciência à torcida do São Paulo

0

André Jardine não reclamou da atuação do São Paulo na derrota por 1 a 0 para o Guarani, na noite desta quinta-feira, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. Em entrevista coletiva, o treinador também pediu paciência à torcida, que vaiou o time ao final da partida.

“Não concordo [que o São Paulo tenha jogado mal]. É uma questão de opinião. Perder nunca é bom, mas o desempenho para mim foi aceitável. A gente produziu inúmeras situações de gols. O goleiro foi muito bem, mas o desempenho não foi de todo ruim, não”, avaliou.

O Guarani marcou o gol da vitória logo no primeiro minuto de jogo. Em cobrança de escanteio, a zaga cochilou, e o lateral William Matheus subiu livre para abrir o placar. Na tentativa de empatar, o São Paulo abusou dos cruzamentos, mas não obteve êxito.

“Obviamente está todo mundo frustrado com o resultado. Eu saio bastante orgulhoso da atitude que os jogadores tiveram, do empenho. No momento que ficamos com um a menos, nesse momento vi todo mundo dando um pouquinho. No que diz respeito a comprometimento, acredito que estamos no caminho certo”, ressaltou.

Atendendo a um pedido da torcida, Jardine promoveu a estreia de Hernanes no Paulistão, aos 19 minutos do segundo tempo. Mas nem o Profeta foi capaz de evitar o revés tricolor. Após o apito final, os pouco mais de 12 mil são-paulinos que foram ao Pacaembu mostraram sua insatisfação com o resultado com vaias.

“É fundamental o apoio deles. A torcida do São Paulo sempre se faz presente nos momentos mais importantes. A gente pede um pouquinho de paciência, estamos mudando uma filosofia de jogo. Isso requer tempo para chegar onde a gente quer. Que ela esteja do nosso lado”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *