Notícias

Maior campeão da “era Cotia” pede continuidade a Jardine

0

Com 12 títulos conquistados com a camisa do São Paulo, incluindo a Copinha deste ano, Fabinho se consolidou como o maior vencedor da “era Cotia”. Presente em uma sessão de autógrafos em um shopping da capital paulista, que contou também com a participação de Hernanes na última terça-feira, o atacante pediu que o técnico do profissional, André Jardine, siga tentando implementar suas ideias de jogo na equipe – assim como fazia nas categorias de base.

“Jardine ficou bastante tempo na base, conseguiu impor suas ideias. No profissional, está tentando fazer o mesmo. Eu espero que continue assim, para que todos possam jogar da mesma forma e, quando a gente subir para o profissional, já estar acostumado ao estilo de jogo dele”, falou à Gazeta Esportiva.

Fabinho também não escondeu a felicidade com o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior e destacou a vitrine que a competição acarreta para os atletas.

“Sensação muito boa, estou muito feliz com o título. Trabalhamos muito durante todo o ano para chegarmos neste campeonato. Graças a Deus fomos campeões. A gente sabe que são duas categorias diferentes (profissional e base), mas a Copinha tem uma vitrine muito grande, chegamos com uma experiência maior”, contou.

Por fim, o atacante revelou que aguarda sua oportunidade na equipe principal do São Paulo, mas negou qualquer conversa com André Jardine nesse sentido.

“Sempre penso (em subir para o profissional), começamos na base já esperando isso. Agora é continuar trabalhando para, caso surgir a oportunidade, estar preparado. Não tive nenhuma conversa com ele (Jardine). Estou trabalhando para, quando ter a oportunidade, sentar e falar com ele”, completou.

* Especial para a Gazeta Esportiva


Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *