Notícias

Mancini diz que assumiu São Paulo para viabilizar chegada de Cuca

0

Em janeiro, ao ser apresentado como coordenador do São Paulo, Vagner Mancini garantiu que não assumiria o cargo de técnico em hipótese alguma, rejeitando, na ocasião, o rótulo de “sombra” de André Jardine. Nesta sexta-feira, após dirigir o seu segundo treino à frente da equipe, ele explicou por que aceitou trabalhar como comandante interino do Tricolor.

“Não houve mudança de ideia. Eu realmente afirmei que em hipótese alguma eu assumiria o São Paulo. O fato de termos tido uma reunião, e entendido que eu não poderia de maneira alguma dizer não a minha diretoria e pela viabilidade da vinda de um técnico que enxergamos como ideal no momento. Então para viabilizar a vinda do Cuca… já conversamos inclusive”, disse.

Na última quinta-feira, a diretoria resolveu que Mancini treinará o São Paulo até o final do Campeonato Paulista, uma vez que Cuca está em tratamento cardiológico. O médico do novo técnico tricolor, inclusive, disse que ele estaria apto a trabalhar somente em maio, não em abril, como quer o clube.

“Eu me sinto muito à vontade, interinamente, como coordenador do São Paulo que sou. Estou fechado para o mercado, que isso fique claro. Estou assumindo para viabilizar a vinda do novo treinador”, ressaltou Mancini, que já iniciou o processo de transição com Cuca.

“Estamos mantendo contatos. Ontem à noite eu tive uma conversa longa com ele. Eu estando a frente do time vou ter a chance de mexer, escalar e dar sequência diante da minha cabeça, mas óbvio que quero manter contato com o Cuca e escutar. O processo vem de encontro com isso, o Cuca já fazendo parte de tudo. Cuca já faz parte do nosso dia a dia”, afirmou.

Por fim, Vagner Mancini elogiou o trabalho de André Jardine, que seguirá no clube em outra função, mas disse que o São Paulo precisa no momento de um treinado com o estilo de Cuca.

“Sobre o Jardine, obviamente que ele não chegou à toa no comando do São Paulo. Tem uma passagem vitoriosa no clube, tanto que o São Paulo entendeu que manutenção dele seria importante. Cuca tem uma identidade com o clube, uma passagem vitoriosa. Entendemos que o São Paulo, nesse momento, precisa de um técnico que tem uma forma ofensiva e corajosa de jogar. Isso faz também do Cuca o cara que a gente enxerga dentro desse perfil”, concluiu.

Com Mancini na beira do campo, o São Paulo tem um clássico pela frente. Neste domingo, às 19 horas (de Brasília), o adversário será o Corinthians em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Paulista, em Itaquera.

Fonte: Gazeta Esportiva

Cuca se diz esperançoso e agradece Mancini por treinar o São Paulo

Último artigo

Mancini fala sobre reforços no São Paulo e elogia Pato: “Indiscutível”

Próximo Artigo

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais Notícias