Notícias

Mancini lamenta perda de Hernanes para decisão no Campeonato Paulista

0

O São Paulo terá uma dura missão para tentar se classificar às quartas de final no Campeonato Paulista. Após a derrota para o Palmeiras em clássico neste sábado (16), o Tricolor enfrenta o São Caetano, na última rodada da competição, precisando somar pontos. Para piorar a situação do clube, o técnico Vagner Mancini não deverá contar com Hernanes, principal nome do elenco.

“A gente ainda não sabe. Aparentemente é (lesão) muscular. Não sei se é lesão, estiramento, uma dor forte no local. Acho difícil que o Hernanes esteja em campo na quarta-feira, diante do que vi na chegada dele, no desenvolvimento dele e do jeito que ele saiu hoje”, afirmou Mancini em entrevista coletiva. O Profeta tricolor sentiu dores na coxa esquerda, e deve passar por exames médicos nos próximos dias.

Um dos melhores jogadores em campo, e o melhor do São Paulo, Hernanes precisou deixar o jogo na metade do segundo tempo, dando lugar ao jovem Brenner. Na visão de Mancini, o meio-campista realizava, até então, sua melhor performance neste retorno ao clube.

“Hernanes talvez fez hoje o melhor jogo dele na temporada. É uma referência dentro de campo para outros jogadores. Agora, nesse momento, com a perda do Hernanes, vamos ter que elaborar alguma coisa. Com uma pressão que existe, e é natural que exista. Ninguém está fugindo da pressão, que é natural, tem que existir para você reagir”, lamentou Mancini.

Hernanes, que não falou com a imprensa após a derrota, deixou o estádio do Pacaembu sem mancar muito. Por outro lado, Pablo, que jogou os 90 minutos, andava com dificuldade. Caso não conte com Hernanes, a missão de Mancini fica ainda mais difícil. Com 14 pontos, o São Paulo ocupa a segunda colocação do Grupo D, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Oeste, com 12 pontos, até o fim da rodada. O time do interior enfrenta o Corinthians, no domingo (17).

“Vejo evolução da equipe, mas vejo coisas que não me agradam. Time patina em algumas coisas e já deveria ter uma melhora significativa. É a falta de encaixe entre aquilo que está oscilando e o que está melhorando. Temos que sentar, conversar, ver vídeos, para chegar onde a gente quer”, afirmou Mancini, que ainda espera contar com o meia Nenê, que se recupera de lesão: “Nenê (à disposição na quarta-feira)? Espero que sim. É um atleta que acaba sendo o diferencial. Ele tem capacidade de mudar a partida quando entra no jogo. Espero que esteja à disposição”.

Ao analisar a derrota no Choque-Rei, Mancini citou diversas vezes a palavra “confiança”. O comandante afirmou que sua equipe perdeu a confiança após sofrer o gol do Palmeiras, marcado por Carlos Eduardo. O São Paulo, que na visão de Mancini vinha bem até o revés, não conseguiu se encontrar na partida.

“O jogo foi equilibrado até a saída de Hernanes. Curiosamente, quando ele sai, nosso time acaba perdendo a confiança. Após o gol, você acaba vendo um time diferente. Isso é perda de confiança. Falta de convicção para fazer as jogadas certas. O São Paulo foi bem quando teve forças para marcar e igualar o Palmeiras na parte tática. A partir do momento em que caiu (de produção), o Palmeiras equilibrou a partida e acabou fazendo gol em um lance de extrema felicidade do Carlos Eduardo”, analisou Mancini.

Na quarta-feira (20), o São Paulo enfrenta o São Caetano, fora de casa, às 21h30 (de Brasília), na última rodada da fase de grupos do Paulistão. O técnico Vagner Mancini comanda o Tricolor, que deve ter a chegada de Cuca em abril.


Fonte: Uol Esporte

Mattos desconversa sobre Pato: “Temos de falar dos que estão aqui”

Último artigo

Mancini culpa falta de confiança do São Paulo pela derrota em clássico

Próximo Artigo

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais Notícias