Notícias

Mancini tira peso da arbitragem e vê São Paulo sem equilíbrio mental

0

Diferentemente de Tiago Volpi e Reinaldo, Vagner Mancini foi bastante ponderado e não culpou a arbitragem pela derrota do São Paulo por 2 a 1 diante do Corinthians, na noite deste domingo, em Itaquera, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

O técnico interino viu irregularidade no lance que originou o primeiro gol alvinegro, em que Clayson cruzou com a bola já fora de campo, mas disse que não foi falta de Vagner Love em Volpi após cruzamento da direita que foi completado por Gustagol.

“Não achei falta”, disse Mancini, em entrevista coletiva. “A arbitragem foi polêmica, alguns lances foram interpretados de forma que gerou discussão de ambos os lados. Não podemos jogar culpa na arbitragem, mas principalmente no lance do gol do Corinthians a bola sai antes do escanteio. São lances que chamam atenção, ainda mais num clássico”, acrescentou.

Questionado sobre a atuação de seus comandados, o sucessor de André Jardine afirmou que eles estão emocionalmente abalados pelo mau momento da equipe na temporada. Afinal, o Tricolor vem de eliminação para o modesto Talleres na Copa Libertadores.

“É difícil falar de técnica quando há o desequilíbrio mental. O atleta não rende o máximo se tiver problema mental, e o São Paulo está com autoestima baixa em campo. Temos que atacar nesse fato. Oscilar dentro do jogo te leva a crer que não é parte física nem técnica, não há boa finalização ou bom passe depois de uma boa jogada”, avaliou.

O coordenador técnico, no entanto, vê o Tricolor com potencial para fazer apresentações muito superiores em relação à do Majestoso. “Enxergo o São Paulo muito abaixo do que pode render. Muito abaixo”, ressaltou, antes de completar.

“E esse é um sentimento que nos deixa chateados, mas temos que reagir. Se não enxergarmos dessa forma, tudo fica mais difícil. São dois jogos agora com a semana inteira, acho importante dar ao jogador a confiança de um bom trabalho”, concluiu.

Com o revés, o São Paulo caiu para o segundo lugar do Grupo D do Paulistão, com nove pontos. O time ainda pode ser ultrapassado pelo Oeste nesta segunda-feira e sair da zona de classificação. O compromisso seguinte é o duelo com o Red Bull Brasil, no próximo domingo, às 17 horas (de Brasília), no Morumbi.

Fonte: Gazeta Esportiva

Marco Aurélio Cunha vê São Paulo em crise interna e sem um caminho

Último artigo

Everton sai com dores e será examinado pelo São Paulo nesta segunda

Próximo Artigo

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais Notícias