Notícias

Muricy fala em nervosismo de Jardine na Argentina, mas crê em remontada

0

Muricy Ramalho não teve papas na língua nesta terça-feira. O ex-treinador do São Paulo comentou sobre o comportamento de André Jardine no jogo de ida contra o Talleres, na Argentina, onde o nervosismo atrapalhou o atual técnico da equipe a sair de campo com um bom resultado, segundo o ídolo tricolor.

“Nesse último jogo na Argentina ele se perdeu um pouquinho e aquilo é coisa de treinador nervoso, de treinador que está apavorado. Não é uma crítica, eu também fui jovem e passei por isso. Quando ele muda o São Paulo no segundo tempo, tira o Everton do lado esquerdo e leva para o outro lado e traz o Pablo para a ponta esquerda, ele arrebenta com o Pablo. Eu duvido que ele faça isso novamente. Ali é nervoso, tomou o segundo gol e se perdeu um pouco”, disse Muricy em bate-papo com internautas promovido pelo globoesporte.com.

Embora falte experiência ao treinador do São Paulo, Muricy Ramalho defende sua permanência no cargo. Entretanto, o atual comentarista esportivo conhece bem os bastidores do clube pelo qual se sagrou tricampeão brasileiro à beira do campo e justamente por isso reconhece que a situação de André Jardine é extremamente delicada.

“Não adianta dizer que está tudo certo. Eu sei como é que funciona lá dentro, tem o chá da tarde no Morumbi que é duríssimo, os conselheiros vão tomar o chá da tarde lá e conversam. O Jardine sabe disso. O que eu acho é que a diretoria tinha que ter essa convicção. Não se pode fazer essa troca, um jovem que é muito bom na base, grande formador de jogadores. Acho que eles podiam ter um pouco mais de calma com ele. Não é problema de conceito, de conhecimento. Ele conhece muito de futebol. O grande problema é que tem uma hora que você precisa falar ‘não’, esse é o problema do jovem. Eles vão te mandar embora uma hora, então faça o que você tiver na cabeça. Se tiver que tirar jogador importante, tira o jogador importante”, prosseguiu.

Apesar de todos os problemas que cercam o São Paulo antes da decisão da próxima quarta-feira, contra o Talleres, no Morumbi, Muricy Ramalho acredita em uma remontada do Tricolor, que terá como trunfo o retorno à sua casa, onde conta com um excelente retrospecto, principalmente quando se trata de Libertadores.

“A Libertadores é outro campeonato, é uma loucura. O jogador que nunca disputou a Libertadores vai sentir o que é Libertadores amanhã. A torcida do São Paulo é diferente, vai empurrar o time. Não tem como não sentir isso, vai sentir. O cara que joga em time grande tem que ser pressionado mesmo, não tem que ter medo da pressão. O São Paulo é gigante e aqui vai ser pressionado mesmo. Agora, vai ter que mudar seu comportamento, porque o que está jogando não vai ser suficiente”, concluiu Muricy.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *