Jogando os Dados

O verdadeiro Jardine precisa cultivar o “Jardim”

2

Se você veio aqui hoje buscando aquelas análises técnicas, para ajudar entender o que acontece no SPFC… Vou pedir desculpas, mas preciso dedicar esse espaço hoje a um assunto que considero mais importante no momento.

Da parte de análises técnicas você já tem a última publicação “Hora de testar a “JERARQUÍA” do nosso São Paulo”, com informações suficientes para entender esse confronto contra o Talleres. Muita coisa que está lá(até os gols) confirmou a precisão da análise. A única diferença hoje será, baseado no placar agregado, uma postura mais defensiva que o técnico Juan Pablo provavelmente irá propor – promessa de jogo feio, para aumentar o sofrimento.

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O adolescente André Jardine com sua tia (Foto: desconhecido)

Queria dedicar o texto de hoje ao técnico André Soares Jardine. Sei que tem muita gente que já o considera carta fora do baralho, mas vamos analisar a delicada situação. Só olhando resultados e performance da equipe eu estaria no time #ForaJardine, mas estaria indo contra tudo o que penso sobre formação de uma equipe e trabalho de resultado.

Me deu uma vontade de pesquisar no dicionário a palavra “jardine” e veja o que encontrei:

Uns farão piada com o significado, mas me chamou atenção o significado “cultivar um jardim”. Acredito que o trabalho feito em uma equipe de futebol é como cultivar um jardim, ninguém planta uma semente e colhe o fruto no dia seguinte. Tanto no futebol como na jardinagem, demanda tempo, dedicação, envolve ervas daninhas, clima adverso e as ESCOLHAS CERTAS.

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Penso que o Jardine precisa de tempo, MAIS dedicação, prefiro não entrar no mérito de “ervas daninhas” e “clima” adverso. O que tenho CERTEZA é que ele fez muitas ESCOLHAS ERRADAS que podem custar a interrupção prematura de um trabalho que eu quero muito ver acontecer.

Foto: Wether Santana / Agência Estado

Não existe mais técnico faz-tudo, a pressão é gigante! Quem tenta segurar a pressão sozinho ou cai prematuramente ou se for muito experiente adoece, assim como o Muricy, Ricardo Gomes, Cuca…

Por isso eu espero que o André Jardine tenha todo o sucesso no confronto dessa noite e independente do resultado, que ele e a Direção tenham o bom senso de manter o trabalho PELO MENOS até o final do Campeonato Paulista, mas tem um detalhe importante: ARRUMANDO TUDO QUE DEU ERRADO, NÃO FUNCIONOU E NÃO AGREGOU. Aqui eu não me refiro especificamente aos jogadores, mas sim a tudo que cerca o técnico.

O Jardine claramente sabe o que quer, mas a impressão é que ele não conhece bem os atletas que tem na mão e a leitura dos adversários é TOTALMENTE equivocada ou ele confia em informações erradas.

Como sempre prefiro fazer críticas construtivas, seguidas de sugestões, apresento as minhas:

  • Avisem para o vitorioso Jardine da base voltar
  • Que a Diretoria dê o tempo que o técnico pede, trocar agora é começar tudo outra vez. Se houve planejamento errado, estudem o que faltou de suporte na comissão técnica e empenho dos atletas.
  • Diretoria, pensem comigo, entendo o desespero de vocês… mudou o técnico uma vez(Rogério Ceni) ganhou algo? Mudou o Aguirre(equivocadamente), resultados? Agora o titular é o jovem e promissor Jardine. Vai cometer o mesmo erro pela terceira vez??? Se for, me avise que vou ligar para o Tadeu Schmidt e já peço para reservar a música no Fantástico. Ps.: Não esqueci o Dorival Jr., só não quero lembrar.
  • Por favor enxerguem a causa e não o sintoma! Se mudar técnico não dá resultado, pensem nesses dois fatores críticos: Escolha de atletas de forma racional(chega de negócios de oportunidade) e renove a comissão técnica radicalmente.
  • Comissão técnica merece uma explicação detalhada: A preparação física está se renovando, mas o treinamento de goleiros continua o mesmo(a culpa é só do goleiro?), o suporte da área de psicologia é deficitário há muito tempo, a fisiologia deixa muito a desejar para uma equipe de elite e análise de desempenho nunca existiu.

Sejamos justos, tem muita coisa boa lá: Fisioterapia e Nutrição são bons.

Caberia uma explicação mais detalhada das críticas, mas são muitos problemas que apequenam o gigante SPFC. Se houver interesse, me informem nos comentários, faço um texto dedicado.

O que vale refletir aqui é: O problema É SÓ o Jardine? Ele tem a sua parcela de culpa ao ter aceitado uma comissão técnica deficiente e hoje paga o preço colocando em risco a sua carreira – Valeu a pena?

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Desculpem meu desabafo, talvez seja o nervosismo de quem vê o SPFC cada vez menor e mais fraco a cada dia. Respeito todas as opiniões, respeito até as que eu não concordo, por isso, pense nos argumentos acima, comente o que você pensa sobre o trabalho do Jardine e toda essa situação do nosso SPFC.

Enfim, penso que escolheram ele por ser um profissional inteligente e quero acreditar que esse Jardine campeão de críticas, não é o Jardine campeão da base que conhecemos. Prefiro acreditar que ele não tem liberdade para MUDAR o que PRECISA ser mudado. Esse pensamento me faz lembrar do Steve Jobs, um dos fundadores da Apple.

Para o torcedor, fica o recado: ESQUEÇA durante os 90 minutos tudo que está errado. Hoje é dia 13 e mesmo que fosse uma sexta-feira, eu NUNCA deixaria de ACREDITAR, pois o SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE é maior que qualquer pessoa – as pessoas passam e o SPFC fica!

Para ficar sabendo sobre as publicações do blog Jogando os DADOS, siga no Twitter e Facebook a São Paulo Digital.

Câmbio & Desligo – Até a próxima!

Denis MarinhoEngenheiro Mecatrônico, especializado em aviação. Consultor na área de produtividade e inteligência competitiva. Em 2011 iniciou um Projeto voltado para equipes de alto desempenho no futebol de elite, reconhecido por clubes do Brasil e Federação. Participa de uma rede de football scout na identificação de talentos na América do Sul.

Denis Marinho

Guiñazú não dá São Paulo por vencido e espera uma “batalha dura”

Previous article

Dorival pede mais tempo ao Jardine e diz que Hernanes rende melhor mais próximo do gol

Next article

You may also like

2 Comentários

  1. Uma publicação melhor que a outra. Parabéns, Denis! A de hoje reflete o sentimento da maioria da torcida: misto de revolta e fé. Mas além de refletir, também mostra que é má fase do Tricolor é sintomática. É erro atrás de erro, nunca tratando a causa raiz e só cuidando dos sintomas. Que a classificação venha junto com um choque de realidade.

    1. Valeu Augusto!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *