Notícias

São Paulo x Palmeiras: histórico recente tem banana, chapéus, coberturas e até “espionagem”

0

O histórico entre São Paulo e Palmeiras terá um novo capítulo às 16h30 (de Brasília) deste sábado, quando os rivais se enfrentam no Pacaembu, pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

Os capítulos recentes da rivalidade têm fatos curiosos, de provocação de lado a lado, que relembramos às vésperas do próximo duelo:

Miguel Aidar coletiva São Paulo banana — Foto: Felipe Rau/Agência Estado

Miguel Aidar coletiva São Paulo banana — Foto: Felipe Rau/Agência Estado

Em 29 de abril de 2014, o então presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, convocou entrevista coletiva para rebater o então presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, que havia classificado como antiética a postura rival na negociação com o atacante Alan Kardec.

Surpreendentemente, o dirigente chegou à sala de imprensa do Morumbi com um cacho de bananas. Comeu uma delas, inclusive, antes de chamar de patética a manifestação de Nobre e afirmar que o Palmeiras se apequenava anos após ano.

O maior “chapéu” do Choque-Rei nos últimos anos foi Dudu, contratação surpreendente por parte do Palmeiras, depois de o atacante ter sido disputado por São Paulo e Corinthians.

Não foi o único, porém. No ano passado, o São Paulo tentou Gustavo Scarpa, mas o meia vestiu a camisa alviverde.

Dudu recebeu placa por golaço marcado contra o São Paulo, em 2017 — Foto: Cesar Greco/Palmeiras Dudu recebeu placa por golaço marcado contra o São Paulo, em 2017 — Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Dudu recebeu placa por golaço marcado contra o São Paulo, em 2017 — Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Foram três os gols de cobertura do Palmeiras em clássicos recentes contra o São Paulo. O meia Robinho, atualmente no Cruzeiro, fez dois deles – um em 2015 e outro em 2016 –, ambos no agora ex-goleiro Rogério Ceni, treinador do Fortaleza.

Em 2017, foi a vez de Dudu, que segue vestindo a camisa 7, a encobrir o goleiro Denis, depois de um chute de longa distância.

Gol do Palmeiras! Dudu marca golaço de cobertura, aos 44' do 1º Tempo

Gol do Palmeiras! Dudu marca golaço de cobertura, aos 44′ do 1º Tempo

Já como treinador do São Paulo, em 27 de maio de 2017, Rogério Ceni derrotou o Palmeiras e viu o então comandante adversário, Cuca, levantar suspeita – “brincadeira”, ele disse mais tarde – de que seus treinos na Academia de Futebol tivessem sido espionados.

– Aqueles prédios lá na frente do Palmeiras, não sei, não… (risos) Porque quem espelhou meu esquema foi o São Paulo. Faz parte. Se botou (espião) ou não, faz parte do jogo. Ele disse que teve uma intuição, mas que intuição forte – falou.

Cuca brinca sobre espionagem de Rogério Ceni no clássico contra o São Paulo

Cuca brinca sobre espionagem de Rogério Ceni no clássico contra o São Paulo

Passados dois anos, Cuca agora é técnico do São Paulo. Ou quase. Em razão de uma cirurgia no coração, realizada no fim do ano passado, ele tem recomendação médica de assumir o time apenas em abril.

Cuca na apresentação ao São Paulo — Foto: Luis Moura / Estadão Conteúdo Cuca na apresentação ao São Paulo — Foto: Luis Moura / Estadão Conteúdo

Cuca na apresentação ao São Paulo — Foto: Luis Moura / Estadão Conteúdo

O São Paulo ficou 16 anos sem perder o clássico no Morumbi, uma provocação que incomodava o palmeirense. O tabu que teve origem em 2002 só caiu em 2018, com gols de Gustavo Gómez e Deyverson.

Neste momento, um retrospecto pesa a favor do Palmeiras. No Campeonato Paulista, a última derrota para o São Paulo foi em 2009. De lá para cá, são seis vitórias e três empates.

Os gols de São Paulo 0 x 2 Palmeiras pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro

Os gols de São Paulo 0 x 2 Palmeiras pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro


Fonte: Globo Esporte

Real Madrid oficializa contratação de Éder Militão por seis anos

Último artigo

Conmebol reivindica e deve levar seis vagas em novo Mundial de Clubes

Próximo Artigo

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais Notícias