Notícias

Volpi cobra atenção na bola parada e resposta rápida no São Paulo

0

O goleiro Tiago Volpi fez cobranças depois da derrota por 1 a 0 para o Guarani, pelo Campeonato Paulista. Uma delas se refere à bola parada defensiva do São Paulo, que levou dois gols pelo alto nas últimas duas partidas.

No domingo passado, o zagueiro Luiz Felipe subiu sozinho na pequena área após cobrança de falta e abriu o placar para o Santos, que venceu por 2 a 0. Na última quinta-feira, em lance parecido, o lateral William Matheus apareceu livre na primeira trave para completar o escanteio e dar a vitória ao Bugre.

“A gente trabalhou muito a bola parada depois do jogo contra o Santos para não voltar a acontecer. Mas agora não serve ficar vendo o porquê aconteceu. Serve para ter atenção e não voltar a acontecer. A bola parada é um detalhe muito importante, decide jogo”, frisou o camisa 23.

No caso do duelo com o Guarani, decidiu mesmo. Diante da retranca do time campineiro, o Tricolor abusou dos cruzamentos na tentativa do empate. Nem mesmo a entrada de Hernanes no segundo tempo evitou a segunda derrota consecutiva no Paulistão.

“Quando você leva um gol com dois minutos de jogo, o panorama é totalmente diferente. O Guarani se fechou, a gente teve maior posse de bola, criamos muitas oportunidades, mas o gol não saiu. Foi um daqueles jogos que você podia jogar até amanhã, que a bola não ia entrar”, explicou.

Tiago Volpi também cobrou uma resposta imediata do São Paulo. Antes de visitar o Talleres-ARG, em Córdoba, na próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores, o time tricolor recebe o São Bento, neste domingo, no Pacaembu, pela quinta rodada do Estadual.

“Agora é assimilar essa derrota o mais rápido possível, porque domingo a gente tem um jogo importante pelo Paulista, em que precisamos ganhar para ir a Córdoba e encaminhar nossa classificação na Libertadores”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *