20240304_073537

Confusão; jogadores e dirigentes do São Paulo reclamaram bastante com arbitragem e foram contidos

No empate do São Paulo com o Palmeiras em 1 a 1, na noite do último domingo, no estádio MorumBis.

Após o jogo jogadores como W.Rato e Rainha protestaram contra a péssima arbitragem, e alguns dirigentes também como Júlio Casares e Carlos Belmonte, todos foram até a porta do vestiário dos árbitros, a maior reclamação foi marcação do pênalti dado para o Palmeiras que ocasionou no gol de empate.

Confere o vídeo da confusão do AVMT

Video do Avante Meu Tricolor

O árbitro Matheus Delgado Candançan relatou em súmula, Segue abaixo;

“Informo que ao final da partida a equipe de arbitragem foi interceptada no túnel que dá acesso ao vestiário dos árbitros, por diversos dirigentes e atletas (Não relacionados) do São Paulo FC. Foi proferido as seguintes palavras pelos dirigentes Fernando Bracalle Ambrogi, Carlos Belmonte Sobrinho, Julio César Casares, ‘safados, que pênalti foi esse, sem vergonhas, filhos da puta, vai tomar no cú, você não vai ficar em paz, desgraçados, o Abel apitou o jogo hoje’”.“Foi identificado também os Atletas não relacionados para a partida Sr. Márcio Rafael Ferreira de Souza (Rafinha), proferindo as seguintes palavras contra a esquipe de arbitragem ‘Vai tomar no cú, como dá um pênalti desse, safado, você nunca mais vai apitar aqui’, e o Sr. Wellington Soares da Silva (Rato), proferindo as seguintes palavras contra arbitragem ‘safado, vai tomar no cú, filho da puta’. Informo ainda que foi necessária a intervenção do policiamento local com escudos, para retirada das pessoas acima mencionadas”, relatou Matheus Delgado Candançan